Gestão de TI (ITIL, COBIT, PDTI)

Um dos setores essenciais dos negócios do futuro, já que consegue automatizar processos, melhorar a comunicação interna e oferecer mais dados para a tomada de decisão dos gestores, o que contribui para a redução de custos e o aumento da competitividade.

É preciso lembrar que a revolução digital tem transformado o mundo dos negócios. Ela permitiu a abertura de novos mercados e criou novas possibilidades de expansão dos negócios e das bases de clientes.

A transformação digital é uma realidade que tem impactado fortemente a maneira como as empresas produzem, comercializam e se relacionam com seus diferentes públicos de interesse. Nesse cenário, a gestão de TI ganha destaque, sendo considerada um dos setores essenciais dos negócios do futuro.

Você ainda não conta com um departamento de gestão de tecnologia da informação na sua empresa? Siga lendo este conteúdo e entenda melhor a importância do setor e os benefícios que ele traz para os negócios!

O que é gestão de TI?

É o departamento responsável por administrar os recursos tecnológicos empregados no tratamento da informação de uma empresa, instituição ou organização. O processo envolve coleta, armazenamento, processamento, seleção, comparação, distribuição e avaliação dos dados que serão convertidos em informações úteis, baseando a tomada de decisão.

Na prática, a gerência de TI é o setor responsável por cuidar das informações, desenvolver e criar projetos alinhados com as atividades diárias de um negócio, usando, para isso, os recursos tecnológicos disponíveis.

A gestão da tecnologia de informação não envolve apenas lidar com computadores, como muitos pensam, mas também gerir os colaboradores que trabalham com a TI e ter uma visão sistêmica de todo o negócio, buscando meios de tornar mais simples, prático, funcional e eficiente todos os processos.

Atividades da gestão de TI

O setor de gestão de tecnologia da informação tem como pilar três preceitos básicos, que são: pessoas, processos e tecnologia. As pessoas são fundamentais no tratamento das informações, os processos são responsáveis por estruturar a área de TI e a tecnologia é que oferece suporte aos processos.

As ações realizadas pela gestão da tecnologia de informação visam promover a transformação digital na empresa, otimizar a performance dos serviços realizados e garantir a satisfação dos usuários e clientes.

Algumas das atividades realizadas pela gestão de TI são:

  • Gerenciamento da equipe de TI;
  • Alinhamento do uso das tecnologias da informação aos objetivos estratégicos da empresa;
  • Controle de todos os serviços de sistemas operacionais e de banco de dados da empresa;
  • Definição das regras para a correta utilização dos sistemas;
  • Suporte aos processos da empresa; gerenciamento de riscos do setor de TI;
  • Administração da infraestrutura física e lógica dos locais informatizados de uma empresa.

Qual a importância da gestão da TI?

A gestão de tecnologia da informação tem uma importância ímpar, porque consegue automatizar processos, melhorar a comunicação interna e oferecer mais dados para a tomada de decisão dos gestores, o que contribui para a redução de custos e o aumento da competitividade.

É preciso lembrar que a revolução digital tem transformado o mundo dos negócios. Ela permitiu a abertura de novos mercados e criou novas possibilidades de expansão dos negócios e das bases de clientes.

Por outro lado, a tecnologia também aumentou a competitividade, fazendo com que a inovação e a transformação digital sejam cada vez mais essenciais.

Nesse cenário, a gestão de TI é fundamental, pois quando funciona adequadamente oferece condições essenciais para o aumento da produtividade, disponibilidade de serviços e muitas outras vantagens. Vamos vê-las em detalhes.

Aumento na disponibilidade dos serviços
A gestão da tecnologia de informação garante maior disponibilidade de todo o ambiente tecnológico, ajudando a identificar rapidamente qualquer anomalia durante o uso de determinados serviços – isso permite às equipes responsáveis agirem rapidamente, evitando a parada repentina que pode prejudicar a empresa.

Assim, quando a gerência de TI é bem feita, ela diminui o número de incidentes no ambiente tecnológico e garante atendimentos mais ágeis, com a resolução dentro de um prazo adequado.

Maior produtividade
Esse é sem dúvida um dos benefícios mais importantes da gestão da tecnologia de informação. Quando se adicionam tecnologias que ajudam a melhorar o fluxo de comunicação, por exemplo, a gestão de TI garante uma escalada na produtividade – do mesmo modo que as tecnologias certas conseguem contribuir para a gestão do conhecimento, aproveitando melhor o capital humano.

Com todos os processos retrabalhados e os membros da equipe alocados nas melhores posições possíveis, a empresa se torna mais rápida e eficiente em diversas áreas.

A tecnologia também ajuda a detectar os possíveis gargalos da empresa, auxiliando a tornar o negócio como um todo mais eficiente.

Redução de custos
Com o uso da tecnologia, os gestores têm acesso a dados sobre várias áreas da empresa em tempo real. Assim, ao usar essas informações, é mais fácil estimar custos e analisar as formas de otimizar os recursos, mantendo a qualidade.

Outro ponto fundamental é que a gestão da informação coloca a tecnologia como parte integrante da estrutura do negócio, promovendo a transformação digital – e, com isso, automatizando processos e deixando-os mais dinâmicos e menos burocráticos.

Segurança dos dados
A segurança da informação é uma das preocupações mais constantes das empresas atualmente – e também é um dos objetivos da gestão de TI. Afinal, a área utiliza tecnologia com diferentes níveis de acesso, criptografia e cloud computing, ou seja, com os dados armazenados na nuvem, impedindo que danos físicos aos computadores da empresa coloquem em risco as informações e dados.

Melhora na comunicação interna
O fluxo de informação da empresa é revolucionado com a gestão da tecnologia de informação, o que melhora a comunicação interna e permite que os colaboradores consigam trocar mensagens entre si, além de acessarem documentos e dados referentes à sua área de atuação, de acordo com o nível de acesso determinado pelos gestores.

Esse acesso mais rápido às informações ainda melhora o tempo de resposta nos processos internos e externos, favorecendo a eficiência e a produtividade.

Aumento da satisfação dos clientes
Com mais dados em mãos, fica mais fácil para a empresa melhorar o seu atendimento ao cliente, com um excelente suporte e um direcionamento mais preciso das suas ações. Tudo isso resulta em clientes mais satisfeitos e fidelizados.

Alguns pontos que a gestão de TI colabora nesse sentido são:

  • Melhoria no conhecimento do perfil de consumo;
  • Otimização dos pontos estratégicos e da entrega de produtos;
  • Aumento no nível de confiabilidade e na reputação de marca que conta com uma estratégia focada na segurança dos dados;
  • Automatização dos processos que também gera satisfação no consumidor;
  • Assertividade na tomada de decisão;
  • O aumento da disponibilidade de informações influencia totalmente a tomada de decisões, que passa a ser mais estratégica e focada, trazendo resultados expressivos para as empresas.

Tudo isso se reflete no nível de competitividade, já que a empresa consegue operar melhor, com menos custos, aumentar a satisfação dos consumidores e ainda os gestores podem tomar decisões mais embasadas e acertadas, facilitando o crescimento e a expansão.

Quais sinais indicam que está na hora da sua empresa investir em gestão de TI?
Embora a gestão de tecnologia da informação seja indispensável para todas as empresas, independentemente do porte e do setor, existem alguns sinais que mostram que esse é o momento certo para investir na área. São eles:

Baixa produtividade
Índices baixos de produtividade indicam a necessidade de investir em tecnologia, principalmente para automatizar processos, prevenir e corrigir erros e evitar pausas da produção em momentos importantes.

Controle de acesso deficitário
Documentos e dados armazenados fora do lugar adequado e facilidade em pessoas mal-intencionadas acessarem as informações da sua empresa são sinais de alerta que exigem uma estruturação adequada com boas práticas como uso de senhas, níveis de acesso, criptografia etc..

Departamentos não integrados
Quando os diferentes setores não estão integrados, a empresa tem dificuldades em produzir, com mais tendência a erros e menor eficiência. A gestão de TI estrutura a parte tecnológica que facilita esse fluxo de comunicação, integrando times e departamentos.

Dificuldade na tomada de decisão
O data driven é um dos pontos positivos da gerência de TI, já que a tecnologia mune os gestores de vários dados e informações essenciais sobre a empresa, o que facilita a tomada de decisão estratégica.

Neste conteúdo, você viu que a gestão de TI é um setor fundamental para os negócios que desejam crescer e prosperar, uma vez que a transformação digital já é uma realidade.

Menu